sábado, 29 de novembro de 2008

Desalento

É com diferenciada tristeza que este blog lamenta o falecimento da senhora Tenente BM Aparecida Mehmeri Gusmão dos Santos, do 8ºGBM/Jequié, após acidente de veículo na BR-116. Tive a grata oportunidade de conhecê-la como seu aluno no Curso de Socorros e Emergências Pré-Hospitalares que ministrou em Salvador, através do qual pude depreender a conduta e caráter diferenciado da mencionada oficiala, exemplo de militar feminina, que desde seus tempos na Academia, onde se formou em 2005, destacou-se pela dedicação, compromisso e adesão à causa policial e mais ainda de bombeiro militar, tendo feitos vários cursos ao longo de sua curta e gloriosa carreira, sempre envolvida com projetos, inovações, a exemplo do pelotão BRESC - Busca, Resgate e Salvamento com Cães, tendo ainda passado pela Força Nacional, entre tantos outros marcos que a tornam merecedora de realce distinto em relação aos grandes feitos em vida, interrompidos tragicamente, pois com certeza mais glórias a esperariam em sua trajetória. Seu trabalho era justamente de salvar vidas no trânsito, resgatando pessoas em acidentes diversos, no que se especializava constantemente, sempre disposta a repassar os conhecimentos a todos. Partos de emergência, combate a incêndios, captura de animais peçonhentos, salvamentos diversos, incansáveis instruções, aulas e cursos, em defesa de um ideal, uma paixão. Resta a eterna lembrança de uma grande profissional, realmente preparada, capacitada e comprometida, verdadeira atleta e excelente pessoa, gentil e cortês.

6 comentários:

Ten Maíra disse...

É com muito carinho, embora sopesada pela dor e a saudade, que vislumbro o meerecido reconhecimento que a profissional e amiga está recebendo neste momento. Por alguém que realmente lutou e viveu pela Corporação e que encerrou sua carreira de forma tão irônica. Não nos foi dada a oportunidade de ajudá-la, mas espero que os ensinamentos dela, bem como o exemplo de vida, continuem acesos na tropa e em todos nós.
"Alma de bombeiro, sangue policial".

Euclides Poubel disse...

Participei da cerimônia de despedida da Tenente, minha amiga Aparecida, Filha do Dr. José Roberto B. dos Santos, e fiquei profundamente emocionado com tudo que ocorrera.
Ela era realmente especial. Todos que a conheceram confirmam esta constatação.
Falar neste momento da Aparecida é difícil por ter acontecido de forma inexplicável, para uma profunda conhecedora de salvamentos e inclusive de direção automobilística. Portanto, uma fatalidade.
Mas, o que guardarei dela é a sua forma moleca de ser, esbanjando energia e alegria, e sua forma extremada de querer servir a profissão.
Saudades, é o que todos sentirão.

Euclides Poubel

Maria Aparecida Mehmeri Gusmão Moura disse...

Como está sendo doloroso para n´so familiares, mas quero aqui escrever algo.
Como "Tati" nos fará falta, pois era assim que Aparecida é chamada por nós familiares. Sempre foi uma menina alegre, espontânea, dedicada e feliz, como não cansava de falar.Há alguns dias atrás conversava com ela pelo msn, estava na Chapada em serviço, e mandei tomá-la cuidado e sempre se preservar por mais amor que tivesse a uma profissão, ela então sorriu, e com o vocabulário de msn, (rsrsrsrsr)e respondeu: - tia, eu sou muito feliz no que faço e estou feliz, não se preocupe, tomarei cuidado!
Isso confirmava o que teria dito a sua mãe, Maria das Graças Mehmeri Gusmão - Gal, minha irmã, em um dos telefonemas,onde repetiu, MÃE , EU SOU FELIZ!
Mas, veio um irresponsável na direção e a tirou de forma trágica e prematura do nosso convívio. Pensemos que era o seu Dia, e que nos encontraremos quando Deus quiser.
Tati desde os 3 anos de idade falava: - QUANDO CRESCER QUERO SER BOMBEIA, ( Bombeira, pois não pronunciava corretamente). E foi assim que fez.Realizou seu sonho, amava o que fazia, cheia de planos após o curso em Brasília e louca de saudade de casa, mas Natal estaria aqui conosco como todo ano, desde que foi morar em Jequié, pois mesmo distante, era presente a cada dia e sempre que possível estava conosco, nos nossos aniversários, nossas reuniôes de família, Natal, com sua histórias e sua alegria.
Aproveito para agradecer a PM , ao Corpo de Bombeiro Salvador, Jequié e outros Setores que não citei, aos amigos que conquistou em Jequié, aos colegas de profissão , enfim a todos que nos ajudaram de alguma forma, e sei que a amavam e admiravam. Aqui fica nosso agradecimento. Mas está sendo muito doido, vocês não imaginam o quanto!

Anônimo disse...

Ela é tudo isso e muito mais...
Estavá feliz e apaixonada...
Fica um vazio muito grande em nossa vidas. Até breve anjo!!!

alex dantas da cruz silva disse...

Foi uma grande amiga que conhecir na comunidade de relacinamento Orkut.Estava sempre disposta a me ajudar tanto que precisei dela e se mostrou prestativa, amiga com palavras de auto-ajuda enfim.Que a familia dela tenha fé e coragem para superar essa realidade que para min parecem um sonho.Descanse em Paz cida!!!!!!!

Mauricio Torti disse...

Triste noticia la conocí cuando ella visitó mi cuartel en Santiago de Chile, en invierno junto a su familia y amigos.
Un gran saludo a su familia y amigos desde Chile.

 
BlogBlogs.Com.Br

'Digite seu e-mail:'

Fornecido por FeedBurner