segunda-feira, 7 de julho de 2008

Atraso

Ah, eu já sabia. O novo adiamento do início da atuação da Guarda Municipal de Salvador para mim não é novidade, primeiro foi prometida para 03 de julho, logo após para o dia 07 (hoje), mas no dia 04 já estava aqui no blog a retransmissão da informação de que só vão às ruas em agosto. Vai entrar para o rol de postagens perpétuas do Blitz Policial, junto com as fugas em delegacia, os roubos a banco e as mortes de PMs. Pensaram em colocar profissionais despreparados em meio turno, e dar-lhes formação do turno oposto; alguém em sã consciência achou melhor primeiro capacitar e só então pôr à prova. É certeza de que as 160 horas de aula prevista são muito pouco diante das responsabilidades na prestação do serviço; apesar de certa incompatibilidade no comparativo, aponto que um aspirante-a-oficial da PMBA tem previsão de 5.936 horas-aula para se formar e, mesmo com grande aproveitamento e total dedicação, ainda sai com algumas carências e necessitando de mais cursos para se especializar no que diz respeito à execução das ações rotineiras no meio urbano, então o que dizer das 4 semanas que serão conferidas aos guardas? Que depois não venha o prefeito queixar-se dos erros de uma tropa manobrada politicamente em prejuízo de sua capacitação, como se vê em outras esferas de outros estados. Lamentavelmente mesmo antes de atuar a GMS torna-se um factóide, enquanto a capital arde em chamas.
Fotos: Fernando Amorim/A Tarde

Um comentário:

Alexandre de Sousa disse...

Vicor, vc teria acesso a tal cartilha informal de como verificar se o policial é cana dura ou é "gente boa"? Se tiver, divulga no Blitz, daria um bom post. E eu replico de lá do DPM.

E essa guarda aí já virou novela. E mexicana!

 
BlogBlogs.Com.Br

'Digite seu e-mail:'

Fornecido por FeedBurner