quarta-feira, 23 de julho de 2008

Perecível

Saidemberg Cruz, 32 anos, foi morto a tiros na noite de ontem em Cajazeiras, onde atuava como segurança. O curioso deste fato é que ele havia se tornado conhecido por estampar os outdoors da prefeitura anunciando a chegada da Guarda Municipal de Salvador, sem no entanto pertencer a ela. A real profissão dele pode ter motivado o crime devido a eventuais envolvimentos em problemas anteriores, fica a cargo da delegacia apurar essa questão, mas supondo a hipótese onde alguém que atua como modelo fardado em anúncios de uma corporação seja vítima de violência tão somente pelo seu cargo, não seria previsível esta possibilidade? Penso que sim, afinal no tempo em que vivemos o título de policial torna o indivíduo um alvo em potencial, além disso o crime pode não diferenciar GM de PM, tendo em vista que, sendo foras-da-lei, temerão e hostilizarão os responsáveis pelo cumprimento delas. Sabe-se que só uma parcela da GMS portará arma de fogo no exercício de suas funções nas ruas, oxalá não se tornem vítimas indefesas dos ataques de bandidos.
.
Foto: Antônio Fonseca

Um comentário:

Duda da Bahia disse...

O bairro de cajazeiras como os demais da grande salvador vivi momentos de violência sem limites,e nós os observadores e leitores de jornais vemos isto. O Segurança em questão pode ter sido tanto vitima de descriminação por esta usando uma farda como também da inveja dos que o via apenas como Segurança. O então o rapaz incomodava a bandidagem que do local resolveram lhe tirar o bem mais precioso a vida. E agora o que se irá fazer, e como fica essa cidade dessa forma que vai, o que será dessa cidade em um futuro mais próximo?

 
BlogBlogs.Com.Br

'Digite seu e-mail:'

Fornecido por FeedBurner