segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Barrado

A partida disputada ontem no Barradão, apesar do intenso policiamento, foi marcada por alguns acidentes indesejáveis, a destacar o tumulto que provocou ferimentos em dezenas de pessoas, algumas tendo sofrido fraturas, na área destinada à torcida do Vitória - que por sinal, assim como todo o estádio, exceto as cadeiras, estava com lotação insuportável. Qualquer leigo, com uma visão fria e racional, seria capaz de constatar que o público presente era incondizente com as condições de segurança do estádio, que não comporta tamanha platéia em suas arquibancadas. Mais atenção precisa ser dispensada ao estabelecimento de limites nesse sentido, sob pena de possibilitar o acontecimento de tragédias indesejáveis. Também foi registrada a baderna promovida, como sempre, pelos integrantes das torcidas Bamor e Os Imbatíveis, que, longe de representarem paixão aos seus clubes, mais parecem promover a rivalidade em uma discórdia infame e perigosa. Aparentam estar mais preocupados em ofender e atacar uns aos outros do que em pressionar suas equipes ou criticar os árbitros, como em outros tempos. Nas proximidades do estádio, formam bandos à espera da passagem dos oponentes para guerrearem. Chega-se ao ponto de ser apreendido um revólver nas mãos desses falsos torcedores que mancham o espetáculo, em diligência exitosa de uma patrulha da APM, que igualmente foi atuante desde muito antes até horas após o término da disputa, escoltando torcedores, dirimindo conflitos, prestando socorro e atendendo às demandas que surgiam. Mais uma vez, um dos grandes empecilhos para uma melhor prestação de serviço foi a ausência de prepostos da Polícia Civil com alguma estrutura suficiente para, ao menos, realizar a lavratura de termos circunstanciados no local, o que compromete os registros formais e a repressão às condutas ilícitas flagradas. Quem sabe no próximo duelo, em Pituaçu, algo possa ser melhorado nesse sentido.

3 comentários:

Cláudio Dias disse...

Muito legal o seu blog.
Um abraço direto do Pará.

Anônimo disse...

victor

presenciei um oficial prendendo um aluno da academia, vc sabe dizer o q ocorreu??

Victor disse...

Sei qual foi a situação, ainda está tendo desdobramentos, porém não posso tratar do assunto aqui.

 
BlogBlogs.Com.Br

'Digite seu e-mail:'

Fornecido por FeedBurner