sábado, 14 de fevereiro de 2009

Desequilibrados

A capa de A Tarde hoje insinua que há desequilíbrio de policiamento no interior do estado em função do envio de tropas para o Carnaval em Salvador, baseando-se em especialistas do Observatório de Segurança Pública, que aparentemente consideraram apenas a destinação das frações de tropa como determinantes para o enfraquecimento da segurança nos municípios, sem levar em conta as alterações no regime de horários. O Carnaval costuma requerer dos PMs uma dedicação a mais, atuando em escalas com menor folga, cumprindo hora extra atípica. Logo, se for retirado metade do efetivo de uma unidade, compensando-se com a redução do descanso dos remanescentes, há uma diminuição do efetivo propriamente dito sem prejuízo ao policiamento. Não há como assegurar que de fato isso ocorra em todos os rincões, mas é seguramente uma das formas de contornar a questão. Da mesma forma, não devemos nos valer do quantitativo total de PMs na avenida para mensurar o todo que vai ser empregado, é forçoso considerar a quantidade de serviços, em dias e horas, que serão empregados, para só então chegar a uma conclusão. Nem tudo que se fala sobre a polícia, principalmente no carnaval, condiz com a realidade. As estatísticas da folia também trazem fatores ocultos que muitos não percebem, breve será tema de postagem aqui no blog.

3 comentários:

Na Moita disse...

A passagem do carnaval só não será tema de próximos blogs, mas a imprensa marron já está de prontidão e na expectativa de postar todo e qualquer tipo de situação que envolva o serviço policial para fazer incrementações que deturpe e macule a instituição e seus integrantes.
Victor, em uma de minhas observações no seu blog, percebi que você salientou que muitos de nós colaboradores frizamos a forma com que a imprensa trata a policia militar, sugiro que se faça uma enquete ou até mesmo peça opniões de colaboradores de seu blog afim de que façamos algo para diminuir ou até se possivel eliminar esta cultura.
Porque por causa da imprensa alguns de nossos comandantes afim de dar uma resposta á sociedade, nos pune. Esperamos que um dia a policia seja independente dos apelos xulos da imprensa.

Victor disse...

Realmente, enquete é algo que ainda não testei no blog, talvez pela dificuldade em bolar perguntas e respostas não tendenciosas, deixando livre o arbítrio de quem opina. Lembrarei dessa sugestão na tentativa de criar algo nesse sentido, muito obrigado.

Anônimo disse...

A verdade é que o interior do Estado já vem esquecido desde tempos atrás. Eu trabalho em um PEL que tem a sua sede em uma cidade de 33.000 Habitantes, e, não achem conversa mole, e apenas contamos com dois combatentes por serviço. Enquanto novos recrutas enchem as sedes de BATALHÕES. Será que as grandes ESTRELAS não vêm isso?

 
BlogBlogs.Com.Br

'Digite seu e-mail:'

Fornecido por FeedBurner