segunda-feira, 9 de março de 2009

Retaliação

Desde ontem os jornais falam de uma reunião ocorrida entre os coronéis da PMBA na noite de sexta-feira para tratar do escândalo em voga, e cogita-se a hipótese de haver retaliação em virtude de alguns procedimentos adotados durante a prisão dos acusados, que podem ser libertados ainda nesta tarde, por volta das 16 horas, a depender da apreciação judicial. Todo esse clima de rivalidade e disputa entre as corporações só traz prejuízos à sociedade, resta saber o que se pretende ao pensar em "adotar medidas de não-cooperação às iniciativas da Polícia Civil". Não é fácil imaginar quais procedimentos venham a ser adotados no intuito de provocar essa desavença, espera-se que os líderes máximos das instituições, sob supervisão da SSP e do Governo, sejam capazes de estabelecer uma aliança mínima que permita a continuidade das ações de sucesso, sem prejuízo ao contribuinte, que nada tem a ver com as diferenças entre classes.

4 comentários:

Na Moita disse...

Isso vai terminar em moqueca baiana!

Anônimo disse...

UMA COISA É OS CORONEIS ROMPEREM COM A CIVIL, ELES NAUM VÃO PRA RUA MESMO, GRANDES COISAS.
OUTRA COISA SERIA NÓS PRAÇAS ROMPERMOS, AÍ SIM A SOCIEDADE SAIRIA NO PREJUIZO. NEM ME TREMO COM ESSA POSSIBILIDADE

Na Moita disse...

Vamos deixar esta briga de (cachorro grande) lá em cima, nós ( piqueneses )praças e os agentes da civil trabalhamos em conjunto diversas vezes e nos damos bem.
Um abraço.

Ezequiel disse...

Nada como o tempo para cicatrizar as féridas abertas, creio que os dirigentes da Segurança Pública transcederão esses pequenos choques de opiniões e de competências.

 
BlogBlogs.Com.Br

'Digite seu e-mail:'

Fornecido por FeedBurner