sexta-feira, 27 de março de 2009

Vândalos

Uma corja de vândalos desocupados achou-se no direito de bloquear o trânsito de uma avenida no Planeta dos Macacos, em São Cristóvão, ontem, sob alegação de protesto contra ação policial. Praticando o que melhor sabem fazer, os baderneiros jogaram combustível na pista, sobre pneus, e até em carros que estavam no local, ateando fogo de modo a bloquear o a passagem de veículos.Alguns condutores de ônibus, carros e motos que tentavam retornar sobre o canteiro ou continuar seu destino foram ameaçados, atacados, apedrejados e tiveram seu patrimônio e integridade ferida, sem terem dado causa à revolta dos marginais. As imagens transmitidas pela TV flagram um pneu sendo arremessado contra um motociclista que passa, entulho, pedras e tijolos contra táxis, ônibus e carros particulares que sairam danificados, culminando no momento em que um homem, enquanto passava de moto, é cercado covardemente pelos criminosos que iniciam um linchamento, surrando-o com chutes, socos, pancadas no capacete, que o fazem cair com a moto. O que a súcia delinquente não esperava é que o rapaz, de identidade e profissão ignoradas, sacasse de uma arma de fogo na mochila, momento em que os malandros fogem ligeiramente depois de cometerem seus crimes. É provável que ninguém se preocupe em aproveitar as imagens para identificar e capturar os bandidos que estavam praticando desordens nas ruas, o que com certeza não seria nem um pouco difícil. Talvez o foco mude, e tentem perseguir o cidadão que foi atacado abruptamente. As imagens completas não foram encontradas na internet, mas a parte da surra ao motociclista está disponível em A Tarde, é recomendável assistir para ter sua própria opinião. O Correio, por exemplo, já foi capaz de divulgar que "...motociclista jogou a moto contra os manifestantes, que ficaram apavorados". Assista ao vídeo e diga se é isso que aconteceu, se a razão estava com os adolescentes infratores e demais meliantes que se agrupavam no local.

15 comentários:

Na Moita disse...

Ja fui informado que os (Direitos dos Marginais) estão preocupados em descobrir quem era o cidadão que de posse de uma arma agiu em legitima defesa.
será que querem incriminar, processar,levar até o BPCHOQUE, depois esquartejar e pendurá-lo nos quatro cantos da cidade?

Água disse...

Alguns desses protestos beiram o absurdo. Uma vez li no jornal a seguinte situação: inconformados com a falta de ônibus em determinada região da cidade, os moradores protestaram. Como? Incendiando um ônibus!!! Parece mais roteiro de alguma comédia ruim...

Fábio disse...

Fiquei bastante irritado ao ver o vídeo e também a reportagem do CORREIO. Não entendo como podem distorcer a informação de tal forma ignorando a capacidade crítica das pessoas que viram as imagens (que são claras), onde o motoqueiro chega a ser agredido pelos "manifestantes". Falam de adolescentes e crianças, mas só percebo nas imagens meros baderneiros e marginais a atacarem o cidadão, que na tentativa de garantir a sua integridade física partiu para a sua defesa utilizando-se dos recursos que possuia. Mas eu entendo a postura do repórter da redação do CORREIO, pois provavelmente o motoqueiro não era nenhum amigo ou parente do mesmo. Como dizem: "Pimenta nos olhos dos outros é refresco."

Flávio Henrique disse...

Depois desse texto não se tem muito o que acrescentar no comentário.

praça disse...

Como já disse que tal situação com o 4ºpoder não é novidade.Repito,temos que nos unir mais e procurar dificultar ao maximo as informações sobre qualquer tipo de ocorrencia ou diligencia e nem a ceitar certos tipos de imprensas em comboi com nossas operações.Eles precisam mais da gente do que nós deles.Vamos priorizar para aqueles que falam sobre nossas mazelas no dia a dia do que esses que se aproveitam de situações que ocorrem de vez em quando e ai então lembram de falar e por sinal mal de nós e de nossa profissão.

Eduardo disse...

Impressionante.
Estava na fila do supermercado quando vi a reportagem no monitor. A galera na maior baderna, e no meio do tumulto, sempre partem para a covardia. Não se deram bem dessa vez.

Sempre imaginei o que EU faria em situação semelhante, haja vista ser corriqueiro no Rio o fechamento de ruas por ordens de traficantes após o tombamento em confronto de um destes marginais.

Mas não tem como deixar de comentar a tendenciosidade distorcida ao extremo da reportagem. Cada vez mais a imprensa impressiona...

Mas, em outra vertente, abro um parêntese só entre nós, leitores policiais: a única observação que faço é da demora do cidadão em tela empunhar sua arma, isso, claro, imaginando tratar-se o mesmo de policial. Se vai sair armado, a arma tem que estar ao alcance do pronto uso, ele ficou um bom tempo tentando tirar a arma da bolsa, em situação adversa, teria sua pistola tomada pelos populares.

Anônimo disse...

Sou Soldado da Policia Militar récem formado nessa turma de 2008 e estou a 06 meses em um estágio que estava previsto para durar 03 meses!!

O CPC resolveu nos colocar como um "Pelotão de Pronto Emprego", qualquer evento que tenha em Salvador somos empregados ( shows, jogos, festas populares...) sem receber nada a mais por isso (os outros policias que trabalham no mesmo evento são remunerados). Trabalhamos durante a semana e nunca sabemos onde estaremos no fim de semana, perdemos nossa vida social.

Muitos de nós somos do interior e estamos sofrendo muito com a ausência da família e com os gastos para se manter na capital. Por isso imploro que você utilize esse blog para manifestar a insatisfação da tropa, policiais novos, cheios de garra e vibração estão se desmotivando com esse descaso da polícia.

Renderemos muito mais a PMBA se formos logo distribuídos.

victor, postei a msg aki por n achar outro modo de te enviar, pode deletar dps de ler...

conto com sua ajuda
abç

Na Moita disse...

Caro colega recém-formado, bem vindo ao sistema bruto!, fico triste pela situação que vocês estão passando, vocês ainda verão muitas coisas ao longo de 30 anos por culpa de certos oficiais.
Boa sorte.

Anônimo disse...

Caro novinho. Quando vc prestou concurso, o fez para a PMBA. O concurso é regionalizado, logo, vc teve a possibilidade de faze-lo para sua região. Se para fugir da concorrencia mais acirrada vc escolheu a capital, arque com as consequencias de sua escolha.
Logo, te aconselho a confeccionar o documento que a lei prevê (exposição de motivos) acerca do assunto, ao invés de ficar resmungando por algo perfeitamente legal. Vc está entrando agora e já quer macete?
Na moita, seu ódio é recalque puro. Vc usa um blog de um aluno para atacar a oficialidade, cara, procure um analista e vá se tratar de suas frustrações.

Victor disse...

Anônimo Sd PM recém-formado, sou solidário ao seu manifesto e compreendo perfeitamente a ansiedade em ser distribuído, conforme era a expectativa, mas aproveito para lhe mostrar o quadro sob outra ótica. Quando você diz que "...qualquer evento que tenha em Salvador somos empregados ( shows, jogos, festas populares...) sem receber nada a mais por isso", parece que está falando da realidade dos alunos-a-oficial da APM, que vivem isso durante 3 anos, enquanto você já não suporta em 3 meses, sendo que o seu concurso foi para executar essas funções, enquanto o de oficial é para ser comandante, gestor, mas paga-se uma longa etapa de soldado e sargento ao longo do curso inteiro. De qualquer modo é justo seu pleito, tente estabelecer uma via de comunicação com seus superiores apresentando esse questionamento em busca de resposta de quem tenha autoridade para decidir sobre o assunto.

Anônimo disse...

INDEPENDENTE DOS COMENTÁRIOS ÀCIMA, O FATO VERDADEIRO É COMO O VICTOR DISSE: GRADUADOS E PRAÇAS SÃO MEROS EXECUTORES DE ORDENS. OFICIAIS SÃO E SEMPRE FORAM GESTORES ÚNICOS DA INSTITUIÇÃO E É
EXATAMENTE POR ISSO, QUE A NOSSA POLICIA MILITAR PASSA POR ESSA CRISE ESTRUTURAL.
ENTÃO SÃO OS ÚNICOS CULPADOS POR TUDO.
AINDA BEM, VICTOR, SENÃO IRIAM JOGAR A CULPA EM NÓS, OS PRAÇAS.
ESTES DEVEM RECEBER AS GRATIFICAÇÕES EXTRAS TBM, TANTO QUANTO NÓS, OS ANTIGOS. O DIREITO É DE TODOS.
ALGUÉM ESTÁ EMBOLSANDO O QUE É DELES, QUE ANTES DE QUALQUER COISA, DEVEM SER TRATADOS COMO GENTE.
AINDA TEM , NA CORPORAÇÃO, MUITO PM,
PRINCIPALMENTE OFICIAIS, COM A MENTALIDADE ARCAICA, DA IDADE DA PEDRA.
NAS UNIDADES DO INTERIOR PRINCIPALMENTE.

Na Moita disse...

Caro anônimo, mande a P...Q...P... procurar um analista.

Anônimo disse...

Caro na moita

Acho que a sua já foi, só falta vc. Recalcado

Anônimo disse...

e o caso dos coronéis? ninguem comenta mais nada. queremos ver resultados. nem mesmo a imprensa se pronuncia mais.
se envolvesse apenas graduados e praças, certamente, todos os dias se divulgava alguma coisa a respeito do fato, mais em se tratando da ALTA CÚPULA, todos se calam.

Na Moita disse...

Caro anônimo, tem razão, a minha foi e encontrou a sua lá rsrsrs.
Um abraço.

 
BlogBlogs.Com.Br

'Digite seu e-mail:'

Fornecido por FeedBurner